• Comunicação Gnosis

Profissionais de fonoaudiologia realizam teste de linguinha nos bebês do Hospital da Mãe de Mesquita

Dia 20 de junho é o Dia Nacional do Teste da Linguinha, que passou a ser obrigatório em hospitais e maternidades desde 2014 e o Hospital Estadual da Mãe de Mesquita, desde sua inauguração, em 2012, realiza a avaliação do freio lingual nos recém-nascidos de pacientes da unidade hospitalar. O acompanhamento fonoaudiológico é realizado durante as internações (alojamento conjunto), no bloco neonatal e também no ambulatório da unidade. Os testes são feitos a fim de verificar, precocemente, alguma alteração no freio lingual dos bebês. Essa identificação preventiva é importante para evitar transtornos nas diferentes etapas do desenvolvimento oral das crianças.


O teste da linguinha é realizado em recém-nascidos para detectar alterações do freio da língua, como a língua presa. Esta alteração é muito comum e ocorre quando a membrana que prende a língua na parte de baixo da boca é muito curta, dificultando os movimentos da língua. O que pode ocasionar dificuldades na amamentação, mastigação, fala, crescimento facial entre outros.


O profissional de fonoaudiologia observa a movimentação da língua do bebê e consegue identificar as alterações. Normalmente, a equipe observa o bebê durante o choro ou durante a amamentação.


Caso seja constatada essa alteração, o fonoaudiólogo junto ao pediatra do bebê indicam qual o tratamento adequado e, dependendo da situação, pode ser feito um pequeno procedimento para a liberação da membrana.



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo