Prefeitura ​​​ultrapassa a marca de ​50​% de cobertura do Programa Saúde da Família


A Prefeitura do Rio inaugurou, nesta terça-feira (19/01), duas novas clínicas da família na Zona Norte, na Maré e no Rio Comprido. Ao longo dessa semana estão previstas as entregas de mais três unidades em Campo Grande, Santa Cruz e Barros Filho. As cinco clínicas juntas vão beneficiar mais de 102 mil cariocas. Com essas inaugurações, o Rio de Janeiro ​ultrapassa a marca de ​50% de cobertura do Programa de Saúde da Família, com 85 Clínicas da Família em 52 bairros da cidade, atendendo mais de três milhões de pessoas. Até o fim do ano, a meta da prefeitura é alcançar 70% de cobertura do programa.



- Em 2008 o Rio era a capital brasileira com a pior cobertura, com apenas 3,5% dos cariocas atendidos pela estratégia de saúde da família. Chegar a 50% nos dá muito orgulho. O nosso foco com as Clínicas da Família é tirar as pessoas dos hospitais e permitir que não fiquem doentes. E para diminuir os problemas nos hospitais é fundamental esse investimento na Atenção Básica. O que a prefeitura quer é que as pessoas tenham saúde, que vivam bem, que possam gozar plenamente da sua vida com tranquilidade – disse o prefeito Eduado Paes, que participou da entrega da unidade do Complexo da Maré.


A Clínica da Família Adib Jatene, na Avenida Bento Ribeiro Dantas, na Maré, beneficiará 27 mil pessoas de três comunidades do complexo: Conjunto Pinheiro, Vila do Pinheiro, Salsa e Merengue. A nova clínica contará com nove equipes de saúde da família e quatro de saúde bucal, e fica na Área de Planejamento 3.1 (Ilha e Zona da Leopoldina), que passa a ter 42 unidades de saúde nos bairros da Ilha do Governador, Penha, Brás de Pina, Olaria, Penha Circular, Cordovil, Vigário Geral, Jardim América, Parada de Lucas, Maré, Complexo do Alemão, Ramos, Manguinhos e Bonsucesso.


- Essa semana a prefeitura chega à marca de 50% de cobertura em saúde da família na cidade, com mais de três milhões de pessoas atendidas pelo Programa de Saúde da Família. Esse número corresponde ao crescimento de mais de 40 % das equipes do país, ou seja, quase a metade foi só na cidade do Rio de Janeiro. Isso é maravilhoso – afirmou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, acrescentando que a unidade do Rio Comprido, além de atender à população, também servirá de treinamento para profissionais que vão atuar em outras Clínicas da Família.


A Clínica da Família Estácio de Sá, na Rua do Bispo, vai beneficiar 18 mil moradores do Complexo do Turano. A unidade contará com seis equipes de saúde da família e duas de saúde bucal. O espaço também receberá o Programa Academia Carioca, com aparelhos para a prática de atividade física de forma regular e integrada com a unidade de saúde. A nova clínica fica na Área de Planejamento 1 (Centro), que passa a contar com 21 unidades de saúde nos bairros de Benfica, Caju, Catumbi, Centro, Cidade Nova, Estácio, Gamboa, Mangueira, Paquetá, Rio Comprido, Santa Tereza, Santo Cristo, São Cristóvão, Saúde e Vasco da Gama.


- As clínicas permitem que a população seja acompanhada desde o pré-natal à terceira idade. É um lugar que beneficia os moradores, ao mesmo tempo em que permite que os profissionais de saúde tenham toda a estrutura necessária para realizar o seu trabalho - explicou o secretário executivo de Governo, Pedro Paulo.


Nas duas novas unidades, os pacientes terão atendimento clínico, tratamento para diabetes, hipertensão, pré-natal, vacinação, exames laboratoriais, ultrassonografia e raio-x, cuidados com a saúde da criança e saúde bucal. Também poderão retirar gratuitamente medicamentos e insumos de uma grade de 208 itens da Atenção Primária.


Para a moradora da Maré Debora Silva dos Santos, 29 anos, a Clínica da Família Adib Jatene foi um presente que já era esperado há mais de dez anos:


- Há anos essa região precisava de alguém que olhasse por nós com amor, cuidado e carinho. Estamos muito felizes com essa clínica, agora nos sentimos lembrados. Saúde é algo fundamental e muito importante porque sem ela não fazemos nada. E, aqui, quando a gente ficava doente tínhamos de ir procurar atendimento na Ilha do Governador, pegar trânsito e pagar o transporte. É muito bom poder ser assistida perto de casa.


Cada clínica representou um investimento de R$ 5,2 milhões. As unidades funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e sábado, das 8h às 12h. Juntas, totalizarão cerca de 6 mil consultas mensais, além de outros procedimentos.


Ao lado da amiga Angela Maria, a carioca Maísa de Oliveira, de 53 anos, vive na comunidade do Turano desde que nasceu. Para ela, a inauguração da Clínica da Família no Rio Comprido representa a realização de um sonho antigo:


- Este lugar será essencial para todos aqueles que vivem na região. Há muito precisávamos dos serviços que serão oferecidos aqui. Além disso, seremos atendidos em um espaço amplo, seguro e confortável. Sei dos benefícios que as Clínicas da Família proporcionam em outros bairros da cidade e, para mim, é uma felicidade que o Rio Comprido também possa desfrutar disso.

#Foto

0 visualização

© 2016 por Instituto Gnosis